sábado, 2 de abril de 2011

Videografia - Lady Gaga

Ela estreiou no show business em 2008, mas já é um ícone como Madonna ou Britney Spears. Ela choca pelas roupas, maquiagem, atitude e músicas, e é tudo, menos intediante. Quando achamos que ela não pode ficar mais louca, ela aparece vestida de bolhas, de origami, de carne, ou, no bafo mais recente, com chifrinhos de silicone debaixo da pele. Com vocês, a videografia de Lady Gaga.

Just Dance é seu single de estreia. Nessa época, em abril de 2008, nós ainda acreditávamos que ela era só mais uma cantora de pop, com parceria do rapper Akon e o produtor RedOne. Uma curiosidade já comentada aqui no Fanclip é que o rádio do início do clipe é o mesmo usado em Hung Up, da Madonna.



Poker Face é um clipe bizarro (pelo menos, naquela época, em setembro de 2008, quando a gente ainda acreditava que ela não ia durar muito), com cães dinamarqueses (obs: esses cães aparecem em quase todos os clipes dela), óculos de espelho ou com telinhas de tv, e a participação de Chace Crowford (de Gossip Girl). Garanto que todo mundo já cantou o "ma-ma-ma-mah" pelo menos uma vez na vida hehe


Ainda indico a versão do Glee para a música. Ficou quase irreconhecível, só no piano e bem lenta. Ouça aqui.



Eh Eh (Nothing Else I can Say) foi um single pouco divulgado. A música não é tão disco quando as duas anteriores, mas é tão grudenta quanto. O clipe se passa na Itália, e é todo num clima anos 50, com cores vibrantes e cenas mais domésticas, como Gaga cozinhando ou deitada no sofá.




 Love Game foi censurado, modificado e proibido para menores em vários países. Afinal, Gaga agora está mais ousada e querendo causar mesmo. O clipe tem inspiração em Bad, de Michael Jackson (repare nos figurinos, o cenário e até a coreografia), e em Toxic, da Britney Spears (nas cenas em que ela está nua, só com cristais cobrindo o corpo). Alguns detalhes: em 1:41, ela está com uma jaqueta e maiô brancos. No segundo seguinte, ela está com a jaqueta preta e o maiô preto com lantejoulas. Além disso, quando ela está na cabine com o policial, dá para ver que, em alguns momentos, o homem vira uma policial mulher.

 Paparazzi foi o início do vídeo que termina com Telephone, e também foi o primeiro clipe dela a ter um prefácio - um pequeno filme no começo, antes da música. Muitas curiosidades e detalhes sobre esse clipe:
- Nesse comecinho, vemos o dinheiro com a cara dela, e a língua que ela inventou.
- Quem faz o namorado dela é o ator sueco Alexander Skarsgard, que interpreta Eric Northman na série True Blood
- Em um momento, vemos Gaga beijando três caras em um sofá. Eles são integrantes da banda Snakes of Eden, da Suécia)
-Mulheres mortas aparecem durante vários momentos do clipe (foto abaixo)
- I just killed my boyfriend



 Bad Romance é um daqueles clipes que é difícil entender a história, pois a coreografia e a letra são muito marcantes, mas o enredo existe sim: Gaga é sequestrada e leiloada como escrava sexual, se revolta e queima o homem que a compra na cama.

Uma curiosidade é que o sapato que ela usa tem um salto de nada menos que 30cm.

 Video Phone não é bem um clipe de Lady Gaga, já que a música é da Beyoncé (Gaga faz participação). Por isso, podemos perceber que há bem menos elementos estranhos do que nos outros clipes. Basicamente, o clipe é baseado na pop art, com cores fortes e fundo branco. Beyoncé e Gaga geraram polêmica ao aparecer no vídeo com armas de brinquedo. Claro que as duas são divas, mas dá certa pena da Gaga ao tentar dançar rebolando junto com a Beyoncé :P

 Não vou aprofundar muito no Telephone, pois há muuuitos posts aqui no Fanclip sobre esse vídeo. Alguns desses posts aqui e aqui.


 Alejandro foi outra virada no estilo de Gaga, que agora está mais sombria e explorando a sexualidade ainda mais explicitamente. O número de países em que seus vídeos são censurados aumentam a cada clipe. Alejandro é uma música que fala sobre uma prostituta que quer se ver livre, então o clipe não é exatamente casto. Além de chocar os mais puritanos ao se vestir de freira com couro vermelho, Gaga ainda choca os fãs de Madonna ao "imitar" Like A Prayer, com cruzes pegando fogo e tudo. Como se fosse provocação, ela ainda escolhe um modelo brasileiro para ser o Alejandro (nessa época, Madonna namorava o também modelo brasileiro Jesus Luz).


 Born This Way tem uma introdução que pode ser definida como "viagem", mas muito significativa. O que chama mais atenção é a letra da música, que é muito inspiradora e defende que todos somos perfeitos, independente de nossas escolhas. A maquiagem do clipe é muito boa, especialmente na transformação de Gaga em um esqueleto zumbi.



É isso, little monsters. Não se esqueçam de votar para a videografia do mês que vem!

Bjss, Thai

2 comentários:

Adriano disse...

hey por favor vamos pesquisar mais neahhhhh tah faltando um clip da gaga que eh o da grana lah e tals que ela tah horrivel de vermelho

Anônimo disse...

Eh faltou Beautiful,dirty rich. ;D